Google+ Followers

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Um Reveillon diferente

Minha gente, como vocês foram de passagem de ano?
Este ano, eu passei um reveillon diferente com a família da Patricia, em Itati, uma cidade do litoral do Rio Grande do Sul, perto de Torres. Foi uma experiência legal porque gosto muito deles (aliás, pela primeira vez, passei um fim de ano longe da minha família).
A dona Olva, mãe da Mara e vó da Patricia, tem um sítio no meio do mato lá que foi transformada em colônia de férias da escolinha de futebol do Renato, filho dela. É um lugar bem aconchegante e muito bem organizado. Tem uma piscina e campo de futebol. Os vestiários tem decoração com motivo de futebol. Tem também um Play Station para deixar a criançada mais á vontade. E o sítio também serve para descanso da família e dos amigos, que foi o que fizemos.
Fomos para lá na terça depois do meio dia porque, antes, o Adriano, namorado da Mara, tinha que trabalhar. Antes de irmos, a Pati deu uma ideia muito bonitinha e romântica, prova do amor dela por mim: ela queria ir sentada no banco de trás do carro junto comigo. Eu explico para vocês: como tem problemas de mobilidade, ela sempre vai no banco da frente. O Adriano, prontamente, atendeu o pedido dela. Puxamos os bancos da frente mais pra frente ainda. Eu sentei no banco de trás, o Adriano pegou-a no colo e me passou-a para que eu pudesse ajeitá-la. Foi mais fácil do que imaginávamos. Os casais sentaram juntos: Adriano e Mara na frente, Pati e eu atrás. Achamos que o trânsito estaria intenso mas a viagem transcorreu normalmente.
Chegamos no final da tarde e eu e a Pati já caímos na piscina. Para nós dois que temos sérios problemas de equilíbrio, foi uma situação bem interessante e reveladora porque pudemos fazer muitas coisas que não conseguimos fora da água. Por exemplo, ela pode caminhar na piscina e eu pude pegá-la no colo.
Passamos a virada do ano na casa da mãe do Adriano. É claro que, como não conhecia ninguém, fiquei calado no começo mas depois me soltando e me sentindo em casa porque a família do Adriano também é muito receptiva. Depois, fomos ver os fogos na rua.   
Na quarta-feira, eu e a Pati limpamos as rodas da cadeira dela. Depois, lemos um pouco (somos um casal cultural. Eheheheh...). Para o almoço, vieram outros familiares dela e parentes do Adriano. Na parte da tarde, foi gostoso porque caiu todo mundo na piscina e fizemos uma farra boa, brincamos com uma bola de futebol. À noite, jantamos e fomos embora. Chegamos em Porto Alegre de madrugada. Dormi na casa dela e, no dia seguinte, viemos juntos para o trabalho, o que também foi uma experiência inédita para nós.
O Reveillon mostrou que o ano de 2014 promete para mim e para ela. Espero que vocês também possam aproveitar esse ano tão intensamente quanto nós. 

4 comentários:

  1. Feliz 2014 pra vocês! E toda felicidade do mundo sempre!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Pra ti e pra tua família também, Bruninha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Amei a foto que vc está sentado no colo dela. Desejo ver muitos post desse casal lindo por aqui. Que 2014 traga muitas alegrias pra vocês. Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Esabela! Um excelente 2014 pra você e pro meu xará também.
      Beijo!

      Excluir