Google+ Followers

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Fiz exame de toque!

Minha gente, confesso: fiz meu primeiro exame de toque! Afinal, cheguei aos 40, né? Nunca tive preconceito com esse tipo de coisa como não tenho com algumas outras, como homem beijar homem no rosto. Se mulher beija uma amiga no rosto e não vira lésbica, por que homem que beija um amigo, automaticamente já há desconfiança de que ele é gay? Puro preconceito.
Uma vez, o Raul Gil estava apresentando um casal no seu programa e beijou a mulher no rosto. O auditório pediu para ele beijar o rapaz e o Raul beijou. Frase dele: "prefiro beijar um homem no rosto do que dar um soco nele". Foi aplaudido na hora.
Então, ontem, fiz meu exame de toque sem medo e não vi nada demais. Aliás, o doutor que me atendeu é um senhor muito simpático, com um excelente papo. Aprendi bastante com ele. E, depois da consulta, continuei amando a Patricia.
Recomendo a quem tem esse preconceito, que perca esse medo. Garanto a vocês que a sua masculinidade não será afetada e a sua saúde será preservada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário