Google+ Followers

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Tênis gremista

Minha gente, nessa minha vida de deficiente físico, eu arrasto muito os pés para caminhar. Gasto os tênis com a maior facilidade. Eu tinha a maior inveja quando via os meus amigos diziam que os seus tênis duravam três anos. Meus calçados, normalmente, duram alguns meses apenas.
Então, confesso para vocês que sempre tento comprar os tênis mais baratos possíveis. Se vou detoná-los rapidamente, para que calçados caros, né? 
Uma vez, fui numa loja e encontrei esse tênis do link https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4148582029604&set=a.4122801025095.2167715.1135411180&type=1&theater (infelizmente, não encontrei a foto original dele). Vi o preço, tava baratinho. E ainda mais, tem as cores do meu amado time, o Grêmio. Não tive dúvidas: comprei. No dia que o trouxe para a casa, fiz essa brincadeira no facebook: chamei-o de meu tênis gremista. Os meus amigos curtiram. 
Usei-o por um ano e dois meses (provavelmente, foi o meu recorde. Acho que deve ter sido o meu amor pelo Grêmio que fez durá-lo mais. Eheheheheh...). Falando sério agora, por mais que tenha sido apenas outro tênis na minha vida, curti-o mais do que os outros. Isso também se deve ao fato de que ele tem um velcro que segura o cordão. Como eu não tenho força para fazer o nó, esse velcro era uma salvação. 
Por esses motivos, foi um tênis especial. 
Mas, claro, ele foi gastando. As meias começaram a sujar. Comecei a sentir os dedos no chão. Insisti mais um pouco mas hoje não aguentei. Decidi jogá-lo no lixo. Olhem como deixei-o na foto ao lado. Detonei-o, né? 
Só posso agradecer a esse tênis. Foi meu companheirão por um bom tempo e me levou para um monte de lugares. Além dele ser gremista. Valeu, amigão!