Google+ Followers

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Brinquedos Acessíveis em Parques

Meu amigo Leonardo Guerrieri me pediu para escrever um texto sobre brinquedos acessíveis em parques. Confesso que não entendo do assunto. Só vi brinquedos acessíveis em fotos. Portanto, tive que pesquisar.
E descobri que temos uma lei, a 11.928, de julho de 2009. Essa lei determina obriga parques públicos e privados a adaptar cerca de 5% de cada brinquedo e equipamento e identificá-lo para utilização de usuários com deficiência. Ela foi sancionada pelo presidente Lula.
Li um trecho da lei e não gostei: "Os parques de diversões, públicos e privados, devem adaptar, no mínimo, 5% (cinco por cento) de cada brinquedo e equipamento e identificá-lo para possibilitar sua utilização por pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, tanto quanto tecnicamente possível." Esse "tecnicamente possível" dá margem para as prefeituras não fazer as adaptações simplesmente porque não acham que tem condições de fazer. Pura preguiça.
A verdade é que temos pouquíssimos brinquedos adaptados para crianças com deficiência em parques. É só observar. Em Porto Alegr, onde vivo, não conheço nenhum. E o pior é que, nestas eleições, não vi um candidato a prefeito que incluisse, nas suas propostas, brinquedos acessíveis em parques.


Não entrei no "aspecto técnico" da importância dos brinquedos acessíveis porque o texto iria ficar muito longo. Colocarei, abaixo, os textos em que me baseei para fazer este artigo: http://www.redeandibrasil.org.br/em-pauta/projeto-de-lei-cria-parques-acessiveis-a-criancas-com-deficiencia


http://movimentoinclusaojabrinquedosadaptado.blogspot.com.br/2011/03/lei-obriga-parques-adaptarem-brinquedos.html

http://www.ressoar.org.br/dicas_inclusao_sentidos_passeio_acessivel.asp

Quando descobrir mais coisas, passo para vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário