Google+ Followers

sexta-feira, 14 de março de 2014

Declaração do Imposto de Renda

Meu Povo, desde o começo de semana gostaria de escrever este texto mas a semana foi meio atropelada e só agora estou conseguindo fazer este desabafo.
Gostaria de entender a lógica do Imposto de Renda. Se alguém puder me explicar, agradeço. Em 2012, recebi 650 reais de restituição. No ano passado, mais de R$ 2.500. Este ano, receberei só 98 reais.
Está certo que os meus rendimentos dobraram. Está certo que as minhas despesas médicas diminuíram (ainda bem, né?). Mas assim como não consigo entender a lógica de, em um ano, eu ter recebido quatro vezes mais do que no ano anterior (é lógico que não reclamei), também não consigo entender o fato de ter restituído 25 vezes menos do que no ano passado. Alguém consegue me explicar?
Conversei com outros colegas do trabalho e, pelo jeito, o leão está muito mais bravo este ano. A reclamação é geral. O pior foi o que disse o meu ex-colega do Banrisul, Aboy: no ano que vem, talvez eu tenha que devolver para o Imposto de Renda. Só me faltava essa... Pago um monte de imposto durante o ano (como todo mundo) e na declaração, ainda pago mais um pouco.
A única vantagem, esse ano, é que consegui fazer a Declaração de primeira, rapidinho. Nos outros anos, eu sempre tinha que recorrer ao Aboy ou a outro amigo para tirar alguma dúvida. Alguma coisa dava errado, me irritava, tinha que continuar no dia seguinte e esse processo durava uns dias (mas nunca deixei para os últimos dias). Neste ano, consegui fazer a importação dos dados pessoais da declaração do ano anterior, coisa que nunca tinha conseguido. Depois, foi só preencher os dados financeiros. Mas, sinceramente, eu preferia demorar mais e ganhar mais como nos anos anteriores.
A semana foi de prejuízo financeiro: perda do Cartão do Tri, mordida do Leão do Imposto de Renda...

2 comentários: