Google+ Followers

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

A acessibilidade da Arena é inacessível

Oi, minha gente! Confesso que estou louco para conhecer a Arena do Grêmio mas até a loucura tem limite. No Olímpico, as pessoas com deficiência não precisavam pagar ingresso. Na Arena, o Osorio negociou e conseguiu com que pagassemos metade do valor.
No sábado, fui fazer o meu cadastro no site da Arena para pegar esse desconto e comprar ingresso para o jogo contra a LDU. Lá informava que o meu CPF já estava cadastrado. Só que eu não tinha senha para entrar no site e comprar o tal ingresso. Liguei para os telefones da Arena divulgados para resolver essa situação mas ninguém atendeu. Telefonei para a Central de Relacionamento do Olímpico e me deram outros números. Não resolveu. Me dispus a ir até a Arena tal era a minha vontade de ir no jogo. Voltei a ligar para a Central de Relacionamento do Olímpico para saber se a Central de Relacionamento da Arena estaria aberta (eu não ia dar uma incerta) e simplesmente não souberam me dizer. Absoluta falta de respeito com os torcedores e consumidores.
Depois, o Osorio (presidente da TAAG) me disse que tinham ingressos no setor Gramado Sul por 72 reais. Ou seja, o preço do ingresso tinha apenas o desconto de 10% para o sócio torcedor (eu e o Osorio somos sócios torcedores) e não os 50% prometidos.
Foi por isso que o título desse artigo é este. Não adianta fazer um estádio bonito, maravilhoso e acessível se o preço é inacessível para a grande maioria das pessoas com deficiência, que é um público onde o indíce de desemprego é alto. É uma acessibilidade inacessível para as PcDs.
Achei um absurdo isso e resolvi assistir em casa. Estou afim de conhecer a Arena mas não é para tanto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário